sexta-feira, 1 de junho de 2007

Abstrato / Concreto

Pensando muito em meus pais agora.
E em mim também.
Mesmo fazendo um curso de graduação diferente,
mesmo distante, mesmo sem planos, estou percebendo
o quanto eu estou ficando parecido com eles.
E eu não sabia que esta seria a melhor coisa
que me aconteceria
durante este tempo longe de casa.
Por mais que eu mude os rumos da minha vida,
o meu coração já tem um caminho a seguir.
Eu estava iludindo a mim mesmo quando decidi
ser diferente dos meus pais. Ter outros ares, outros olhares.
Como eu fui tolo.
Preferi seguir um caminho novo e incerto em vez de seguir
um caminho seguro e já conhecido.
Caminhos que levariam ao mesmo destino.
Caminho que tem como ponto final, o ponto da partida.
Irei andar muito, mas ainda assim vou regressar
ao meu lar.
Mas descobri que é fundamental
percorrer este caminho, pois ele fez com que eu mudasse bastante
e fez com que merecesse o amor dos meus pais.

Aprendi a diferença entre obrigação e gratidão.

Hoje eu sou muito agradecido a tudo que me foi oferecido e irei tentar ao máximo
retribuir todo o carinho e conforto recebidos que, de certa forma, eu não merecia.

Mil beijos.

3 comentários:

TH14G0 T disse...

Barulho de porta.

AndréZ. disse...

Oi Thiago...

Bem olha eu aqui lendo e criticando seu blog.

Claro que de uma forma positiva, pois sei da capacidade "intelecto-moral" que você possui.

Com relação ao texto sobre os pais - "abstrato/concreto" - eu concordo em número, gênero e grau.
Os pais são nosso porto seguro, e só quando partimos do cais podemos perceber o quando a fortaleza que tinhamos junto deles era imensa.

Um abraço !!!!

Fenix disse...

Te entendo bem. Mas esse poema me fez pensar coisas que não tinha pensado antes. Que nós somo uma continuação da vida de nossos pais. E isso é muito bom, pois se somos essa continuação, podemos tornar a nossa vida como a de nossos pais bem melhor! Eu criticava demais meus pais, mas hoje vejo que foi graças a eles que sou o que sou. Sou bem diferente deles, mas na essência somos iguais.