segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Contato Imediato de Primeiro Grau

Escreveria mais se não estivesse com tanta dor nas costas. Fiquei deitado muito tempo hoje. Com o término da série Nando Reis, não sei mais o que fazer.
Tenho que responder a um joguinho, que a Luiza me indicou: 1. Agarrar o livro mais próximo. 2. Abrir na página 161. 3. Procurar a 5ª frase completa. 4. Colocar a frase no blog. 5. Não escolher a melhor frase nem o melhor livro!!! Utilizar mesmo o livro que estiver mais próximo. A minha frase é:

"Ora, teatro não é somente vestimenta, é preciso saber dizer, e isso ninguém consegue melhor do que nós!"

O livro é Recordações da Casa dos Mortos, de Dostoiévisk. Tem uma outra frase dele, que gostei muito, muito:

"Com a força que sinto em mim, creio-me capaz de suportar todos os sofrimentos, contanto que me possa dizer a cada instante: "Eu existo". Entre tormentos, crispado pela tortura, mas existo! Exposto ao pelourinho, eu existo apesar de tudo, vejo o sol e, se não o vejo, sei que está lá. E saber isso já é toda a vida."

Vamos falar de alguma coisa diferente. O quê?... Ok, pensei por alguns segundo! Tenho um assunto. Lá vai:
Mês passado, estive no Detran e foi péssimo. Não só pela espera, mas todos lá eram mal humorados: tanto os atendentes, quanto os que aguardavam atendimento. E eu estava me distraindo, ouvindo uma conversa aqui, som de tevê ali, pessoas andando. E ao olhar pro guarda, vi que ele carregava uma arma. Que beleza, não? Me senti extremamente protegido. Claro, nesse país perigoso em que vivemos, a qualquer hora um bandido pode entrar no estabelecimento e matar todo mundo. E aquela arma era a nossa salvação. O bandido entrava. O policial atirava. Pronto. Fim do problema da violência no Brasil. Será mesmo? Gente, eu não gosto muito de pensar nisso, mas o nosso país é todo errado. Bom, não vamos nos aprofundar muito nisso. Foi só pra quebrar o silêncio e porque eu estava com saudade de falar " de pertinho" com vocês.

Mil beijos!

4 comentários:

SUSANA disse...

Também não sei o que escrever nos meus blogs... Preciso fazer uns exercícios de redação pra ver se sai alguma coisa... Logo volto a falar de pertinho contigo. Sim, ainda ceio que és meu leitor exclusivo! rsrsrs
Beijoca.

Fernanda disse...

Tava pensando em excluir meu blog...
essa idéia ainda não saiu da minha mente...
as vezes isso acontece com a gente,por falta de criatividade ou sei lá...
mas enfim...no seu caso não é excluir seu blog,mas é não saber o que o que escrever né...
mas adorei isso,ler coisas que acontecem no dia a dia,e adorei o texto...mas mesmo você contando essa história,sabe que ainda acredito no Brasil...tenho esperança nele.=)

Zingador disse...

Meu querido, tem um abraço perfumado e selo para você lá no meu blog.
Cheiro

Bruno disse...

Olaaa... um abracao pra vc, estive aki mais uma vez observando sua criatividade, Simples, objetivos e maravilhososa! Abracos!!!