sábado, 10 de outubro de 2009

Open your window

Se eu pudesse traduzir um sentimento sem me perder por inteiro e conseguisse deixá-lo intacto em um registro inanimado, eu gravaria em pedra, papel ou tela digital o meu amor contido nos poros do corpo vivo que é a nossa relação.
Se eu pudesse transcrever o abismo que há entre o que foi dito e a verdade absoluta você saberia que eu, mesmo com falhas, sempre, sempre e sempre quis ser o melhor para nós.
Se eu pudesse voltar no tempo, eu mudaria muita coisa. Porque eu me arrependo.
Se eu pudesse te impedir de errar da maneira que eu errei, eu impediria.
Se eu pudesse te distanciar dos perigos inevitáveis, eu distanciaria.
Se eu tivesse todas as respostas certas, eu sopraria.
Se soubesse como conjugar a vida, eu lhe ensinaria o pretérito imperfeito, para que não fosse torturado e soubesse lidar com ele.
Se eu pudesse estar com você, eu estaria.
Se eu pudesse não me emocionar ao te escrever, isso não teria mais fim.

Feliz aniversário,
irmão.


"E você é tão importante, que eu quase não lembro das coisas que aconteceram antes de você chegar"

4 comentários:

Fernanda disse...

que lindo Tiago,encantador o jeito que c ama a tua familia..lindo mesmo.

SUSANA disse...

Muito lindo esse amor todo! Que DEUS abençoe cada dia mais sua família.

Eduk disse...

Que lindo querido. que sensibilidade vc demosntra neste texto sobre o irmão. Lindo!
Tenha um ótimo domingo e feriado, abração

_Thiago disse...

Fico muito feliz que vcs tenham gostado ^^
Ele é o nosso xodó, o nosso amuleto da sorte, enfim... é tudo e mesmo não sendo eu o aniversariante, posso dizer que ele é o meu maior presente!!!