sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Good Morning Life


Na verdade hoje é seu aniversário, e eu nem sei o que te dizer. Eu fico feliz por você. Só que fico feliz de verdade. Eu tenho tanta saudade. Mais do que você imagina. Às vezes penso que se eu soubesse o quanto seria difícil ficar longe de você e de todo mundo que eu gosto, eu não teria me mudado. Você não é mais tão criança para fazer certas coisas. E não é tão adolescente pra fazer outras. É disso que eu mais me lembro quando eu tinha a sua idade. E sei o quanto é difícil entender esse mundo tão confuso em que a gente vive. Espero que você também esteja feliz, porque eu quero te ver sempre assim. E se eu pudesse te deixar um presente que durasse para sempre, eu te deixaria a minha paz. Quando você nasceu eu tinha sete anos, e foi muito diferente pra mim porque as coisas mudaram muito rápido. E você é tão importante, que eu quase não lembro das coisas que aconteceram antes de você chegar. Eu me arrependo das vezes em que a gente brigou, das mentiras e de outras coisas ruins que acabaram acontecendo, coisas que eu fiz e que te deixaram triste. Espero que eu tenha alguma coisa pra ensinar pra você. E se é assim, o que eu diria pra você é que cada vez mais eu percebo que eu sempre tive tudo, mas eu nunca percebi. E hoje eu sei que é muito bom ter irmãos, porque eu não me imagino sem você. Amor incondicional existe. Eu sei.

Um comentário:

Juliana disse...

"Eu conheço a mais bela flor;
És tu, rosa da mocidade,
Nascida aberta para o amor.
Eu conheço a mais bela flor.
Tem do céu a serena cor,
E o perfume da virgindade.
Eu conheço a mais bela flor,
És tu, rosa da mocidade."
---
Belissimo dia de domingo!