domingo, 28 de dezembro de 2008

Os Três Presentes - Parte 1

Susana completará idade nova em breve. Temos aqui o seu primeiro presente: um trecho do livro 'A Gaia Ciência' (digitado por essas mãos solitárias), obra do filósofo Friedrich Nietzsche. Eu espero que você goste!

56 – O desejo de sofrer – Quando penso no desejo de fazer alguma coisa que agite e estimule incessantemente milhões de jovens europeus, os quais não podem suportar o tédio nem a si próprios, dou-me conta de que deve haver neles um desejo de sofrer, seja como for, a fim de extrair desse sofrimento uma razão provável para agir, para fazer grandes coisas. É preciso sofrimento! Daí o clamor dos homens políticos, daí as inúmeras “crises” falsas, fabricadas, exageradas, de todas as categorias possíveis, e o cego ardor que se põe em acreditar nelas. Essa juventude exige que seja de fora que lhe venha ou lhe apareça: não a felicidade, mas a infelicidade; e a sua imaginação ocupa-se já em lhe dar antecipadamente as proporções de um monstro. Se estes sedentos de sofrimento sentissem em si força bastante de interiormente fazer bem a si mesmos, para fazerem alguma coisa a si próprios, saberiam também criar interiormente uma miséria altamente pessoal. Suas invenções poderiam ser então mais refinadas, e suas sensações trazer consigo o som da boa música; ao passo que agora, enchem o mundo com seu grito de agonia e, muitas vezes, por conseqüência, do sentimento de agonia! Não sabem fazer nada de si próprios... é uma função disso que rabiscam na parede a infelicidade dos outros! E de mais outros, até o infinito!... Peço-vos perdão, meus amigos: tive a audácia de rabiscar a minha própria felicidade na parede.
=]

3 comentários:

SUSANA disse...

Estou emocionada! Nem sei o que dizer. Obrigada. O texto é lindo. Eu não esperava. Você é extraordinário!

SUSANA disse...

Mais uma coisinha: você me é inspirador!

Juliana disse...

Eis o desejo de sofrer!^^